Não ao Futebol Moderno!

E-mail Imprimir PDF
Esse é o preço que se paga pelo FUTEBOL MODERNO!
 
Não é de hoje que vemos uma ruptura do futebol com aqueles que sempre apoiaram o esporte aqui no Brasil. O futebol que já foi da elite, logo que começou em nosso País, teve seu auge quando o povão começou a frequentar os estádios e fazer dele o seu lazer preferido. 
 
De alguns anos para cá o que se observa é uma tentativa de "europeizar" a nossa torcida, transformando nossos estádios em arenas ou "teatro", tentando mudar o nosso estilo de torcer à força. 
 
- Proibiram pirotecnia ( fogos de artificio de luzes e fumaças que não trazem nenhum perigo);
- Proíbem qualquer tipo de manifestação nas arquibancadas com faixas e bandeiras. (todo material é revistado e caso haja qualquer faixa que expresse manifestação de qualquer ordem, é impedida a entrada);
- Alguns locais é proibido bandeira com mastro (uma das coisas que mais embelezam o espetáculo nas arquibancadas);
- Vivemos em um país onde todos "são iguais" para lei. Mas as Torcidas Organizadas sofrem para entrar nos estádios com revistas abusivas de alguns policiais;
- Jogos que acabam meia noite, cedendo os interesses da TV e tirando aqueles torcedores que se locomovem com transporte coletivo;
- Campanha da imprensa contra as Torcidas Organizadas Brasil;
- E o pior de todos: O PREÇO ABUSIVO DE INGRESSOS!
 
Na partida do próximo sábado entre Criciúma x VITÓRIA, o clube mandante estará fazendo uma "promoção". Os SÓCIOS comprarão 2 entradas pelo preço de uma. Que ótimo né? Seria, se o preço de apenas 1 entrada não fosse de R$100,00. Isso mesmo. R$100,00. Nós visitantes pararemos a bagatela de R$100,00 por 1 ingresso. No mineirão não foi diferente. O ingresso era de R$120,00. Notava-se, pelo estádio, que o público presente não era aquele público acostumado com jogo. Parecia mais um Teatro ou Shopping Center.
Ontem na semi final da Copa Libertadores, o Estádio Defensores Del Chaco estava lotado e o ingresso mais caro custou R$35,00, sendo que tinha ingresso de até R$7,50. Sabemos das diferenças nas economias, mas nada que justifique tamanha diferença.
 
Enquanto continuarmos nessa situação, vamos ver cada vez mais estádios, ou melhor arenas, vazias e arquibancadas sem graça. Tivemos uma prova nos jogos do Brasil pela Copa do Mundo. As arenas cheias, por se tratar de um evento único, mas a torcida apática que não apoiava, cantava ou encantava a nada nem a ninguém.
 
ABAIXO O FUTEBOL MODERNO! 
 
Torcida Uniformizada OS IMBATÍVEIS
Com o VITÓRIA além da morte, acima de nós só DEUS!
alt

Voltar